segunda-feira, 29 de junho de 2009

O Futuro da Humanidade

Como você imagina que será a humanidade no futuro? Os seres humanos serão inteligentíssimos devido a tecnologia que avança a passos de gigante?
Não, eu não penso assim! Eu acho que os humanos do futuro serão uns perfeitos imbecis.
Eu acredito na teoria de Charles Darwin. Os homens vieram do macaco sim e foram progredindo até um certo ponto. Daí para a frente eles começaram a regredir, regredir, até chegar na era dos computadores.


E não regrediram só mentalmente não! Fisicamente também!
Senão vejamos:
Do ponto de vista físico, se não fosse a medicina que existe atualmente, os homens também teriam regredido bastante fisicamente! Antigamente as pessoas faziam muito mais exercícios. Hoje, as pessoas são preguiçosas. Inventam mil e uma máquinas para poupar os músculos. É escada rolante, é esteira rolante para não precisar subir ladeiras, é vidro automático nos carros para não precisar rodar uma manivela, é porta com sensor automático para você não precisar empurrar nem puxar para abrir e até escova de dentes automáticas já existe!! As pessoas vão ficando cada vez mais acomodadas e consequentemente mais flácidas.
Sem contar as drogas que inventaram ou descobriram, sei lá, que estão acabando com a sociedade!
E mentalmente então?
É pior ainda!
Começou com as calculadoras portáteis. O povo esqueceu como se soma com lápis e papel. Calculo mental, então, está fora de cogitação! Para que pensar? A calculadora faz isto por nós!
Outro dia, fui pagar uma conta no caixa de uma padaria e minha despesa tinha dois valores: R$ 8,00 e R$ 4,00. Você acredita que o caixa automaticamente usou uma calculadora? Dei R$ 20,00 e novamente ele usou a máquina para saber quanto ele teria de me devolver! Eu perguntei: -Puxa! Você precisa usar a maquininha para fazer esse cálculo? Ele respondeu: - É hábito! Ou seja: É preguiça de pensar!
Nossos filhos fazem a mesma coisa! As continhas que as professoras dão para os alunos fazer em casa, são feitas todas na calculadora!
(Veja neste mesmo Blog o artigo entitulado: “Evolução do Ensino”)
As pesquisas que as professoras passam para os alunos fazer, é muito simples! Nada de consultar bibliotecas, jornais antigos, pessoas mais velhas, nada disso! É só entrar no Google, digitar o tema e pronto! Lá está tudo prontinho! Não precisa nem ler! É só dar: ”Copiar”, imprimir e levar para a professora para receber a nota “A”.


Por isso eu penso que as pessoas vão ficando cada vez menos inteligentes e cada vez mais imbecis!
Daqui para a frente, como será?
Eu imagino a seguinte cena:
As pessoas chegam perto do carro, a porta do carro identifica se realmente ele tem licença para entrar, e abre automaticamente. Ele não precisa dirigir. Basta falar em voz alta o seu destino e ele te leva até lá!
Ele para automaticamente nos semáforos e evita colisões!
Vamos mais para a frente. Vamos dar uma de Isaac Asimov!
Nas ruas você só vê Robôs andando e trabalhando! Os humanos estão em casa refestelados em suas poltronas e empanturrando-se de comida.
Mas vocês dirão:
- Mas quem constrói esses robôs tem que trabalhar muito e fundir a cuca!
- Sim, mas só os primeiros! Depois disso eles podem descansar. Os próprios robôs constróem os outros.
- Exagero? Nas fábricas de automóveis, as máquinas (robôs) constróem outras máquinas robóticas! Logicamente, não tem o formato de humanos. Nem precisa! Se você olhar para uma dessas máquinas, vai achar que é uma máquina como outra qualquer!
Bem, vou parar por aqui pois vou no Google pesquisar sobre o próximo tema que pretendo escrever! Hehehe!!!
Nota: Mas isto que você acaba de ler, não estava no Google, não! Estou realmente escrevendo o que penso, pois sou de outra geração!
-

2 comentários:

  1. Victor Berti - vaberte@ufu.br3 de março de 2011 11:07

    Neste tipo de "civilização", as necessidades humanas se tormam meios para o funcionamento do sistema, e o sistema busca o que é funcional para ele mesmo. A eficiência se levanta como ser supremo do sistema, que determina todo o mecanismo da produção e do consumo. Se a tecnologia é o sistema, o homem se reduz a simples funcionário do sistema. Sendo assim, ou ele se ajusta ao sistema, ou cai fora dele como incapacitado.
    Temos que não nos conformar com este tipo de pensamento e buscar uma renovação da mente. Buscar a verdade. A verdade que liberta, e esta verdade está em Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Belíssimo comentário! Concordo plenamente!

      Excluir