sábado, 7 de março de 2009

MINHA ÁRVORE GENEALÓGICA. (Desde Cabral)



Genealogia da Família de
Idalmiro de Oliveira Carneiro
e

Maria Leontina Vieira da Silva

2008


ÍNDICE
PREFÁCIO....................................................................................................4
CAPÍTULO I
Ascendentes Paternos de IDALMIRO DE OLIVEIRA CARNEIRO.......5
CAPÍTULO II
Ascendentes Maternos de MARIA LEONTINA VIEIRA DA SILVA.....10
CAPÍTULO III
Descendentes de IDALMIRO DE OLIVEIRA CARNEIRO
e MARIA LEONTINA VIEIRA DA SILVA.....................13
CAPÍTULO IV
Informações Históricas..................................................................................21
CAPÍTULO V
Aniversários de Nascimento..........................................................................29


CRITÉRIOS ADOTADOS:
Em todas as árvores genealógicas o nome das esposas é sempre considerado o nome de solteira, afim de coincidir com a árvore genealógica da família dela. Por outro lado, não teria sentido dizer que "fulano de tal" casou com uma mulher que tivesse o mesmo sobrenome que o seu.
Somente os nomes dos descendentes diretos do casal tronco estão grafados em negrito.
No Capitulo III, foi omitido as informações de falecimento que é informada apenas no Capítulo V.
Não constam união de casais que não são legitimamente casados. Entretanto, se o casal gerou filhos, os filhos são citados, pois pertencem a linhagem da família.




BIBLIOGRAFIA:
Título: GENEALOGIA PAULISTANA
Autor: Dr. Luiz Gonzaga da Silva Leme
Volume VIII - Início na pag. 269.
Volume VII - Início na pag. 429.
Encontra-se na Biblioteca Municipal de S.Paulo
Códigos: Volume VII = 920 - F - d - 128
Volume VIII = 920 - F - d - 129
Obs: Esta obra é continuação do livro "NOBILIARQUIA PAULISTANA" autoria de Pedro Taques de Almeida Paes Leme.
Titulo: GENEALOGIA
Autor: Dr. José Roberto Bragança Saracchini de Oliveira
Título: GENEALOGIA DA FAMÍLIA FERREIRA GONÇALVES
Autor: Diogenes Cintra Ferreira
Obra gentilmente cedida por Celia Vieira Carneiro Soares.
Dados colhidos de anotações escritas do próprio punho de João Gonçalves Carneiro, Maria Amália Freitas Carneiro (esposa de Juvenal de Oliveira Carneiro) e Idalmiro de Oliveira Carneiro, anotações estas, cedidas gentilmente por Myrthes Freitas Carneiro.
ABREVIATURAS
F = Filho
N = Neto
BN = Bisneto
TN = Trineto
QN = Quadrineto
PN = Pentaneto
HN = Hexaneto
7N = Sétimo-neto
8N = Oitavo-neto
9N = Nono-neto
10N = Decimo-neto
11N = Decimo-primeiro-neto
12N = Decimo–segundo –neto
13N + Decimo–terceiro –neto.
c. c. = Casado(a) com



PREFÁCIO

o século 18, na Bahia, Frei Antônio de Santa Maria Jaboatão, termina, em 1768, a elaboração de seu "Catálogo Genealógico", revisto em 1946, pelo erudito historiador baiano Afonso Costa; em Pernambuco, Antônio José Vitoriano Borges da Fonseca, escreve, em 1748, sua "Nobiliarquia Pernambucana"; e em São Paulo, Pedro Taques de Almeida Paes Leme, inicia em 1742, sua "Nobiliarquia Paulistana".
Entretanto, só o linhagista setecentista de São Paulo, Pedro Taques, teve sua obra amplamente continuada no século 20, com a publicação, em 1903, da "Genealogia Paulistana", em 9 volumes, pelo benemérito e imortal genealogista bragantino Dr. Luiz Gonzaga da Silva Leme, a quem os paulistas contemporâneos devem a facilidade de poder conhecer suas origens remotas.
Este modesto trabalho visa citar os descendentes de Idalmiro de Oliveira Carneiro e sua esposa Maria Leontina Vieira da Silva, bem como conhecer, até onde foi possível seus antepassados diretos, que é o que realmente nos interessa, sem citar as ramificações dos mesmos, pois a relação seria incompleta e compreenderia milhares de membros.


São Paulo, 2008.
Roberto Vieira Carneiro





Capítulo I


ASCENDENTES PATERNOS DE
IDALMIRO DE OLIVEIRA CARNEIRO


Tronco: DOM PEDRO ÁLVARES CABRAL
(O Descobridor do Brasil.)
Nasceu em 1467 em Belmonte –Portugal. Faleceu e 1520 em Portugal.
(Ver informações históricas e ascendentes de Pedro Álvares Cabral no Capítulo IV)
c.c. D. ISABEL DE CASTRO, nascida e falecida em Portugal.
Pais de 6 filhos:
F1- D. Fernão Álvares Cabral- Comendador de banho.
F2- Antônio Cabral (solteiro, nasceu em 1504 em Belmonte Beira Alta.)
F3- D. Constança de Castro
F4- D. Guiomar de Castro (Freira)
F5- D. Isabel de Castro (Freira)
F6- D.Leonor de Castro (Freira)


F1- D. FERNÃO ÁLVARES CABRAL – Comendador de Banho
Nasceu em 1503 e faleceu em 02-06-1554.
(Ver informações históricas no Capítulo IV)
c.c. MARGARIDA DA SILVA em 1525. Nascida em 1505 e falecida em 1575.
Pais de 4 filhos:
N1- Pedro Álvares Cabral
N2- João Gomes Cabral
N3- Rui Dias Cabral
N4- D. Beatriz de Noronha
N1- PEDRO ÁLVARES CABRAL nasceu na Ilha de S. Miguel - Portugal e faleceu em S. Paulo. (Ver informações históricas no Capítulo IV)
c.c. SUZANNA MOREIRA nascida em Portugal e falecida em S. Paulo.
(Ver informações históricas no Capítulo IV)
Pais de 7 filhos:
BN1- Maria Moreira
BN2- Branca Cabral
BN3- Cap. Pedro Álvares Moreira Cabral
BN4- Ignez Pedroso
BN5- Anna Cabral
BN6- Cap. João Moreira
BN7- Izabel Moreira
BN1- MARIA MOREIRA
c. c. YNNOCÊNCIO PRETO, nascido em 1560 em Portugal e faleceu em 1647. (Ver informações históricas no Capitulo IV)
Pais de 6 filhos:
TN1- Antônio Preto
TN2- Pedro Álvares Cabral (neto)
TN3- Ignácio Preto
TN4- Sebastião Preto de Moreira
TN5- Maria Antunes
TN6- Luiza Moreira





TN3- IGNÁCIO PRETO, nasceu em 1615, casou-se em 1638 e faleceu em 1668.
c. c. CATHARINA D'HORTA nascida em 1622

Pais de:
QN1- Anna de Oliveira
c. c. MANOEL BICUDO DE MENDONÇA
Pais de 6 filhos:
PN1- João Preto de Oliveira
PN2- Manoel Preto de Oliveira
PN3- Mecia Nunes de Oliveira
PN4- Salvador de Oliveira Preto
PN5- Isabel Bicudo
PN6- Anna de Oliveira
PN5- ISABEL BICUDO
c. c. ANTÕNIO FORAM (Forão) DE PONTES
Pais de:
HN1- YNNOCÊNCIO PRETO DE OLIVEIRA, nascido em 1690 e falecido em 15-06-1758. Foi morador em Nazareth, e inventariado em 1758 em Atibaia.
c.c IZABEL DE SIQUEIRA em 1714 em Nazareth. Izabel foi inventariada em 1787 em Atibaia, com 100 anos de idade, filha de Marcellino da Gama e de Maria de Siqueira.
Pais de 9 filhos:
7N1- Antônio de Oliveira Preto
7N2- Maria da Gama
7N3- Sebastião Preto de Oliveira
7N4- Izabel de Siqueira
7N5- Marcellina de Gama Oliveira
7N6- Antônia de Siqueira
7N7- Francisca de Siqueira
7N8- Cap. José de Oliveira Preto
7N9- Joanna de Siqueira
7N1- ANTÔNIO DE OLIVEIRA PRETO, nascido em 1715 em Sam Juam de Atybaya. Casou-se em 1743 em Atibaia
com JOSEPHA NUNES SERRANO filha de João Nunes Serrano e Joanna Machado.
Pais de 4 filhos:
8N1- Maria de Oliveira
8N2- Catharina de Oliveira Machado
8N3- Manoel Preto de Oliveira
8N4- Cap. José de Oliveira Cardoso
8N3 - MANOEL PRETO DE OLIVEIRA, casou-se em 1771
com JOANNA DE LIMA, natural de Atibaia, falecida em 1808 em Bragança Paulista, filha de João Lima Rocha e Josepha Ribeiro.
Pais de 11 filhos:
9N1- Julião de Oliveira Preto
9N2- Josepha de Oliveira
9N3- Alferes Francisco José de Oliveira
9N4- José de Oliveira Preto
9N5- João de Oliveira Preto
9N6- Manoel de Oliveira Preto
9N7- Luzia de Oliveira
9N8- Joaquim de Oliveira Preto
9N9- Ignácia de Oliveira
9N10- Maria de Oliveira
9N11- Anna de Oliveira

9N5 - JOÃO DE OLIVEIRA PRETO, casou-se em Bragança Paulista em 1818 com DELPHINA MARIA DE JESUS, filha de João Batista de Moraes e de Joanna Maria de Jesus.
Pais de 9 filhos:
10N1- Maria de Oliveira
10N2- José de Oliveira Preto
10N3- Joaquim de Oliveira Preto
10N4- Manoel de Oliveira Preto
10N5- João de Oliveira Preto
10N6- Cap. Francisco de Oliveira Preto
10N7- Antônio de Oliveira Preto
10N8- Pedro de Oliveira Preto
10N9- Cap. Lauriano de Oliveira Preto

10N9 - Cap. LAURIANO DE OLIVEIRA PRETO, nasceu em 1836 no bairro Ponte Alta – Bragança Paulista e faleceu em 27-11-1906.
(Ver informações históricas no Capítulo IV)
c. c. FRANCISCA EUGENIA, que nasceu em 01-08-1854 e faleceu em
11-05-1942.
Pais de 3 filhos
11N1- Fabrícia Augusta de Oliveira
11N2- Maria. Amalia de Oliveira (Maricota)
11N3- Ambrozina de Oliveira
11N1- FABRÍCIA AUGUSTA DE OLIVEIRA, nasceu em 12-09-1873 e faleceu em 17-12-1901.
c. c. JOÃO GONÇALVES CARNEIRO que nasceu em 27-09-1874 e faleceu em 26-10-1951. (Ver informações históricas no Capítulo IV)
Pais de 5 filhos:
12N1- Ernesto de Oliveira Carneiro. Nasceu: 26-10-1893, às 00h: 27m
Faleceu: 14-10-1894, às 00h: 45m
12N2- Juvenal de Oliveira Carneiro. Nasceu: 4-10-1895, às 16h: 10m
Faleceu: 3-10-1967
12N3- Idalmiro de Oliveira Carneiro. Nasceu: 6-12-1897, às 23h:15m
Faleceu: 31-01-1962
12N4- Lamartine de Oliveira Carneiro. Nasceu: 26-11-1899.
Faleceu: 11-01-1955.
12N5- Ernesto de Oliveira Carneiro. Nasceu: 01-12-1901.
Faleceu: 12-12-1988.

12N3- IDALMIRO DE OLIVEIRA CARNEIRO
c. c. MARIA LEONTINA VIEIRA DA SILVA
Pais de 9 filhos:
13N1- Maria Yvonne Vieira Carneiro nasceu em 08-03-1921
13N2- Wanda Vieira Carneiro nasceu em 20-10-1922
13N3- Waldo Vieira Carneiro nasceu em 16-10-1926
13N4- Carlos Fernando Vieira Carneiro nasceu em 26-07-1930
13N5- Celia Vieira Carneiro nasceu em 18-02-1932
13N6- Lucia Vieira Carneiro nasceu em 15-10-1934
13N7- Roberto Vieira Carneiro nasceu em 15-02-1936
13N8- Maria Ignez Vieira Carneiro nasceu em 01-01-1940
13N9- Nelson Vieira Carneiro nasceu em 13-08-1943



Capítulo II

ASCENDENTES MATERNOS DE
LEONTINA VIEIRA DA SILVA


Tronco: ANTONIO FERREIRA GONÇALVES
c. c. JOAQUINA NOGUEIRA DE JESUS, mais ou menos do ano de 1770 a 1800,foi morador na Freguesia do Rio Verde, Comarca do Rio das Mortes, em Minas Gerais.
(Ver informações históricas no Capítulo IV)
Pais de 7 filhos:
F- 1) Joaquim Ferreira Gonçalves
F- 2) Iria Zeferina de São José Ferreira
F- 3) Antônio Ferreira Gonçalves
F- 4) Ana Joaquina Nogueira
F- 5) Inácio
F- 6) Joana Teodora de Jesus
F- 7) Maria Joaquina





F-1 JOAQUIM FERREIRA GONÇALVES
c. c. JOAQUINA MARIA DE JESUS em primeiras núpcias em 25-09-1799 na Capela de S. Tomé das Letras, filha de José Carvalho da Silva e Angela Maria de Jesus.
Pais de 13 filhos:
N- 1) Maria Alda Zeferina de São José Ferreira, nasceu em 1802.
N- 2) Antônio de Padua Ferreira de Carvalho, nasceu em 1805.
N- 3) Joaquim José Ferreira de Carvalho, nasceu em 1807.
N- 4) João Candido Ferreira, nasceu em 1809.
N- 5) Joaquim Gonçalves Ferreira, nasceu em 1811.
N- 6) Ana Francisca Ferreira, nasceu em 1812.
N- 7) Francisco de Paula Ferreira, nasceu em 1814.
8) Manoel Ferreira de Carvalho, nasceu em 1816.
N- 9) Lino Ferreira de Carvalho, nasceu em 1818.
N- 10) Maria Rita Ferreira, nasceu em 1819
N- 11) Joaquina Ferreira, nasceu em 1821.
N- 12) Vicente Ferreira de Carvalho, nasceu em 1822.
N- 13) Maria Isabel Ferreira, nasceu em 1824.
N- 7 - FRANCISCO DE PAULA FERREIRA, nasceu em 03-07-1814, em Campanha;
Casou-se com ANA ISABEL TEIXEIRA, de Campanha.
Pais de 2 filhos:
BN- 1) Francisco Ferreira
BN- 2) Maria do Carmo Ferreira
BN- 2 - MARIA DO CARMO FERREIRA, nasceu em Campanha
c. c. JOÃO CORRÊA MACHADO
Pais de 10 filhos:
TN- 1) Dr. João Ferreira Machado
TN- 2) Ana Francisca Ferreira Machado
TN- 3) Francisco Ferreira Machado
TN- 4) Joaquim Ferreira Machado
TN- 5) Mariana Ferreira Machado
TN- 6) Antônio Ferreira Machado
TN- 7) Deolinda Ferreira Machado
TN- 8) Artur Ferreira Machado
TN- 9) Carmelita Ferreira Machado
TN- 10) Isaura Ferreira Machado


TN- 2 -ANA FRANCISCA FERREIRA MACHADO, nasceu em 09-03-1862, em Camanducaia. Casou-se com o CAPITÃO JOSÉ VIEIRA DA SILVA, nascido em Camanducaia, em 25-05-1857. Faleceu em Santos, em 10-06-1951, filho de José Vieira da Silva e Maria Clara.
Pais de 12 filhos:
QN- 1) TARQUÍNIO FERREIRA DA SILVA c. c. Vitalina Fontoura
QN- 2) HORACIO FERREIRA DA SILVA c. c. Isabel Marques
QN- 3) ANA VIEIRA DA SILVA c. c. João Franco de Godói
QN- 4) ZULMIRA FERREIRA DA SILVA c. c. Luiz Leme Ferreira
QN- 5) CARMELINA VIEIRA DA SILVA c. c. Antônio Nardi
QN- 6) JOSÉ FERREIRA DA SILVA (Nhonho)c. c. Ofir Loureiro
QN- 7) MARIA DO CARMO VIEIRA DA SILVA c. c. Valdemar
Rabelo Magalhães
QN- 8) VALDOMIRO FERREIRA DA SILVA c. c. Esbelta Garcia
QN- 9) MARIA AMALIA VIEIRA DA SILVA c. c. Luiz Nogueira
Corrêa
QN- 10) MARIA LEONTINA VIEIRA DA SILVA c. c. Idalmiro de
Oliveira Carneiro
QN- 11) OSVALDO FERREIRA DA SILVA c. c. Heliete Milon.
QN- 12) ZILDA VIEIRA DA SILVA c. c. Herculano Livramento Barreto.
QN- 10 - MARIA LEONTINA VIEIRA DA SILVA, nasceu em Bragança Paulista em 12-05-1901 e faleceu em São Paulo em 30-07-1991.
Casou-se em 25-05-1920 com IDALMIRO DE OLIVEIRA CARNEIRO nascido em Bragança Paulista em 06-12-1897 e falecido em S. Paulo em 31-01-1962.
Pais de 9 filhos:
PN- 1) Maria Yvonne Vieira Carneiro
PN- 2) Wanda Vieira Carneiro
PN- 3) Waldo Vieira Carneiro
PN- 4) Carlos Fernando Vieira Carneiro
PN- 5) Celia Vieira Carneiro
PN- 6) Lucia Vieira Carneiro
PN- 7) Roberto Vieira Carneiro
PN- 8) Maria Ignez Vieira Carneiro
PN- 9) Nelson Vieira Carneiro

Capítulo III
DESCENDENTES DE
IDALMIRO DE OLIVEIRA CARNEIRO
E
MARIA LEONTINA VIEIRA DA SILVA
IDALMIRO DE OLIVEIRA CARNEIRO, nasceu em Bragança Paulista em 06-12-1897 e faleceu em S. Paulo em 31-01-1962. Casou-se em 25-05-1920 com MARIA LEONTINA VIEIRA DA SILVA, que após o casamento passou a se chamar Maria Leontina Vieira Carneiro, também nascida em Bragança Paulista, em 12-05-1901 e falecida em S. Paulo em 30-07-1991.
Pais de 9 filhos:
F1- Maria Yvonne Vieira Carneiro
F2- Wanda Vieira Carneiro
F3- Waldo Vieira Carneiro
F4- Carlos Fernando Vieira Carneiro
F5- Celia Vieira Carneiro
F6- Lucia Vieira Carneiro
F7- Roberto Vieira Carneiro
F8- Maria Ignez Vieira Carneiro
F9- Nelson Vieira Carneiro


LEGENDA DAS CORES E TIPOS DE LETRAS:
F - PRIMEIRA GERAÇÃO
N - SEGUNDA GERAÇÃO
BN- Terceira Geração
TN- Quarta geração

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

F1- MARIA YVONNE VIEIRA CARNEIRO, nascida em Bragança Paulista em 08-03-1921
c. c. LEÃO JOSÉ RANGEL MOREIRA CAVALCANTI, nascido em Cabo –PE em 23-12-1917.
Pais de 4 filhos:
N5- JOSÉ RANGEL MOREIRA NETTO, nascido em 16-07-1949 casado em 1 as núpcias com ILZE DE FÁTIMA MOREIRA MUNIZ. (sem filhos)
Casado em 2 as núpcias com ELIANE CONCEIÇÃO DA SILVA nascida em 08-12-1957 em Recife – PE.
Pais de 2 filhos:
BN9- Ticiane Maria de Rangel Moreira, nascida em 13-11-1980
BN12- Thalita Maria de Rangel Moreira, nascida em 12-03-1982
N6- ANDRÉ CARNEIRO MOREIRA CAVALCANTI, nascido em
05-12-1950.
c. c. ANGELA ARCOVERDE REYNALDO ALVES, nascida em
07-06-1954 em Recife – PE.

Pais de 2 filhos:
BN4- Cecilia Reynaldo de Rangel Moreira Cavalcanti, nascida em
22-11-1975.
c.c. PAULO CYSNEIROS DE MORAIS, nascido em 26-10-1972 em Recife.
Pais de:
TN4- Marina Cavalcanti de Morais, nascida em 06-02-2006 no Rio de Janeiro

BN5- Guilherme Reynaldo de Rangel Moreira Cavalcanti, nascido em
16-11-1976.
c.c. ANA CAROLINA PRIORI BARBOSA, nascida em 08-03-1977 em Recife, Pe..
Pais de 2 filhos:
TN3- João Guilherme Reynaldo Barbosa, nascido em 02-09-2005.
TN5- Pedro Henrique Barbosa Cavalcanti, nascido em 22-05-2008.
N8- LILIANA TERESA CARNEIRO MOREIRA CAVALCANTI nascida em 16-07-1953 em S. Paulo – SP.
c. c . MURILO LUCIANO ALBUQUERQUE ENDRISS nascido em
13-05-1947.
Pais de 2 filhos:
BN2- Murilo Luciano Albuquerque Endriss Junior, nascido em 18-02-1974.
BN8- Rodrigo Cavalcanti Endriss, nascido em 04-06-1980.
N9- LUCIANO CARNEIRO MOREIRA CAVALCANTI, nascido em
08-05-1955 em Santo André – SP.
c . c . MARIA DAS GRAÇAS HENRIQUE PIMENTEL, nascida em
02-11-1955 em Recife- PE.
Pais de:
BN16- Luciana Pimentel de Rangel Moreira Cavalcanti, nascida em
14-06-1985 em Recife- PE.

F2- WANDA VIEIRA CARNEIRO, nascida em 20-10-1922
c. c. ORLANDO MENDES PENNA DE CARVALHO nascido em
17-05-1919.
Pais de 5 filhos:
N1- WALTER CARNEIRO PENNA DE CARVALHO, nascido em
12-10-1943.
c. c. MARIA GENEROSA CORDEIRO BRAGA, nascida em 27-07-1945.

Pais de 3 filhos:
BN1- Rosana Braga Penna de Carvalho, nascida em 25-08-1973
c.c. JEFFERSON SANTUCCI LOPES, nascido em 22-11-1973.
BN3- Eduardo Braga Penna de Carvalho, nascido em 23-08-1975.
BN14- Claudia Braga Penna de Carvalho, nascida em 17-09-1984.
N2- LUIZ ORLANDO CARNEIRO PENNA DE CARVALHO, nascido em 12-10-1944
c.c. VERA LUCIA ( Apelido: DELHA), nascida em 17-10-1957.
Pais de 3 filhos:
BN15- Tatiana Penna de Carvalho, nascida em 25-01-1985.
BN18- Talita Penna de Carvalho, nascida em 20-01-1989.
BN21- Breno Penna de Carvalho, nascido em 07-09-1990.
Casado em 2ª nupcias com LUCI PRATA PEREIRA SOUZA nascida em
23-02-1940.
N3- RUBENS CARNEIRO PENNA DE CARVALHO, nascido em
07-06-1946. Rubens naturalizou-se americano e registrou-se com o nome simplificado para Rubens Penna.
N4- JOÃO BAPTISTA PENNA DE CARVALHO NETO, nascido em
01-04-1949.
N7- GUILHERME CARNEIRO PENNA DE CARVALHO, nascido em
18-09-1951.
c. c. RUTH MARTINS SIQUEIRA, nascida em 10-01-1957.
Pais de 3 filhos:
BN6- Cristiano Siqueira Penna de Carvalho, nascido em 30-01-1978.
BN10- Monique Siqueira Penna de Carvalho, nascida em 10-12-1980.
c.c. FABRICIO DONIZETI PEREORA, nascido em 02-06-1980.
Pais de::
TN1- Vitoria Penna de Carvalho, nascida em 6-01-1998
TN2- Stéfani Siqueira Pereira, nascida em 25-06-2005
BN19- Bruno Siqueira Penna de Carvalho, nascido em 25-09-1989.



F3- WALDO VIEIRA CARNEIRO, nascido em 16-10-1926.
c.c. MARIA NILZA BARBOSA, nascida em 29-02-1936.
Pais de 2 filhas:
N17- CRISTIANE BARBOSA CARNEIRO, nascida em 29-08-1964, c.c. RAFAEL MARCONDES PEREZ HOMEM DE MELLO, nascido em 01-12-1957.
Pais de:
BN38- Yago Carneiro Homem de Mello, nascido em 07-11-2002.
N24- LUCIANE BARBOSA CARNEIRO, nascida em 15-01-1970.

F4- CARLOS FERNANDO VIEIRA CARNEIRO, nascido em 26-7-1930
c.c. ANA TEREZA LOPEZ ROSA, nascida em Porto Rico em 18-02-1930.
Pais de 3 filhos:
N10- SYDNEY CARNEIRO, nascido no Brasil em 01-12-1957 e naturalizado Americano. Casado em 1as núpcias com GRACIA MILENA TORO, nascida na Colombia.
Pais de :
BN11- Charles Vicent Carneiro, nascido em 30-05-1981.
SYDNEY CARNEIRO casou em 2as núpcias com MARIE HELENE RAINBANT nascida na França.
Pais de:
BN25- Celine Marie Carneiro, nascida em 04-10-1993.

N11- ROBERTO CARNEIRO, nascido em 08-04-1959
c.c. DIANA ROSEN, nascida em 12-07-1965.
Pais de:
BN30- Roberto Carneiro Filho (Robertito), nascido em 10-05-1996.
BN34- Michael Carneiro, nascido em 25-02-1999 às 09h 14m
BN41- Victoria Rose Carneiro, nascida em 27-07-2006.
N20- WILSON CARNEIRO, nascido em 09-03-1966
c.c. MELISSA ANN COBB, nascida em 13-01-1962.
Pais de:
BN32- Jonathan Mike Carneiro, nascido em 10-09-1997.
BN7- Nickolas Carneiro, nascido em 15-02-1979
BN42- Benjamim Elijah Carneiro, nascido em 20-10-2007.
F5- CELIA VIEIRA CARNEIRO, nascida em 18-02-1932
c.c. RAUL CARLOS SOUZA SOARES, nascido em 23-04-1932.
Pais de:
N13- RAUL CARLOS DE SOUZA SOARES JÚNIOR, nascido em 24-03-1962
N18- MARIZA CELIA CARNEIRO SOARES, nascida em 19-03-1965.

F6- LUCIA VIEIRA CARNEIRO, nascida em 15-10-1933.
c.c. WALTHER ULISSES CORAZZA, nascido em 28-01-1934.
Pais de 3 filhos:
N16- denise carneiro corazza, nascida em 09-12-1963.
c.c. VITOR VICENTE DUARTE, nascido em 06-11-1961.
Pais de 2 filhos:
BN17- Vitor Vicente Duarte Filho, nascido em 17-08-1987.
BN23- Yuri Corazza Duarte, nascido em 21-10-1992.
N19- CYRO ULYSSES CORAZZA NETO , nascido em 17-02-1966.
N22- LUIS ALBERTO CARNEIRO CORAZZA, (BETO), nascido em 11-09-1967.
Casado em 17-09-2005 com PATRICIA VENTURINE ALMEIDA nascida em 12-07-1971

F7- ROBERTO VIEIRA CARNEIRO, nascido em 15-02-1936.
Casado em 31-03-1962 com ELISABETH ORBITE , nascida em 27-04-1940.
Filha de Rubens Italo Orbite e Tuiaco Ikeda (Lourdes)
Pais de 3 filhos:
N15- ROSANA ORBITE CARNEIRO, nascida em 28-03-1963.
c.c. RICARDO ALBERTO FARINA, nascido em 26-08-1964.
Pais de 2 filhas:
BN28- Natalia Farina, nascida em 20-04-1995.
BN33- Victória Farina, nascida em 17-04-1998.



N23- ROGÉRIO ORBITE CARNEIRO, nascido em 06-03-1968.
Casado em 1as núpcias com DANIELLA FERNANDES SANTOS SILVA, nascida em 13-03-1972.
Pais de 2 filhos:
BN24- Amanda dos Santos Carneiro, nascida em 19-01-1993.
BN27- Felipe dos Santos Carneiro, nascido em 06-12-1993.
ROGÉRIO casou-se em 2as núpcias em 13-10-2007 com VILMA MOREIRA
nascida em 04-08-1970.

N26- ROBERTA ORBITE CARNEIRO, nascida em 07-08-1973.
c.c. VINICIUS COSTA FREIRE, nascido em 20-09-1973.

F8- MARIA IGNEZ VIEIRA CARNEIRO, nascida em 01-01-1940
c.c. ANTONIO FERNANDO DE SÁ CARVALHO, nascido em 29-05-1933.
Pais de 4 filhos:
N12- VÂNIA CARNEIRO DE CARVALHO, nascida em 23-11-1960
c.c. FERNANDO SILVEIRA NAVARRA, nascido em 27-02-1959.
Pais de 2 filhas:
BN20- Julia Carvalho Navarra, nascida em 17-04-1990.
BN31- Laura Carvalho Navarra, 27-10-1996.
N14- MARIA CRISTINA CARNEIRO DE CARVALHO, nascida em
14-03-1963.
c.c. MALCOLM JOHN OAKLEY, nascido em 19-12-1955.
Pais de 2 filhos:
BN13- Tiago Carvalho Oakley, nascido em 09-07-1982.
BN22- Eric Carvalho Oakley, nascido em 28-09-1991.

N21- RONALDO CARNEIRO DE SÁ CARVALHO, nascido em
30-03-1967.
c.c. ANA LUCIA DUARTE CORBANE, nascida em 11-08-1966.
Pais de 3 filhos:
BN26- Marina Corbane de Sá Carvalho, nascida em 03-12-1993.
BN29- Henrique Corbane de Sá Carvalho, nascido em 21-09-1995
BN39- Giovanna Corbane de Sá Carvalho, nascida em 17-03-2003..
N28- SIMONE CARNEIRO DE CARVALHO, nascida em 18-06-1977.
c.c. ULYSSES AMADO AHUALLI, nascido em 02-11-1973.


F-9 NELSON VIEIRA CARNEIRO, nascido em 13-08-1943.
Casado em 08-01-1971 em 1as núpcias com ELIANE DE CARVALHO DOMANICO, nascida em 14-07-1951.
Pais de 2 filhas:
N25- ALESSANDRA DOMANICO CARNEIRO, nascida em 27-05-1972, c.c. FERNANDO TEIXEIRA SANINO, nascido em 02-06-1972.
Pais de 2 filhos:
BN36- Mateus Domanico Sanino, nascido em 30-04-2001
BN40- Gabriel Domanico Sanino, nascido em 14-07-2005
N27- DANIELA DOMANICO CARNEIRO, nascida em 01-03-1975, c.c. ANDRÉ FONTANA, nascido em 03-09-1968.
Pais de 2 filhos:
BN35- Pedro Domanico Fontana, nascido em 22-07-1999.
BN37- Felipe Domanico Fontana. nascido em 18-10-2001.
NELSON VIEIRA CARNEIRO casou-se em 2as núpcias em 21-08-1982 com WANDA DE ABREU, nascida em 04-01-1951.
Pais de :
N29- RAPHAEL DE ABREU CARNEIRO, nascido em 07-05-1984.
Pai de:
BN43- Maria Eduarda de Abreu Buzzato, nascida em 22-05-2008, filha de
Carina Cristina Buzzato



Capítulo IV

INFORMAÇÕES HISTÓRICAS

DOM PEDRO ÁLVARES CABRAL: O descobridor do Brasil.
Dono de um caráter irascível, logo depois de descobrir o Brasil o navegador caiu em desgraça. Brigou com o rei dom Manuel, desentendeu-se com Vasco da Gama, deixou a corte e partiu para o auto-exílio em Santarém, ao norte de Lisboa. Morreu, quase no ostracismo, em 1520, aos 53 anos. Só três séculos e meio depois de sua morte Cabral ganhou o devido reconhecimento no rol dos grandes navegadores portugueses.
Pedro Álvares nascera em 1467 ou 1468, no castelo da vila de Belmonte, na Beira Baixa, onde viveu até os 10 anos, quando então, junto com o irmão mais velho, João Fernandes, foi mandado para viver em Lisboa. Pedro Álvares era filho de Dona Isabel de Gouveia e Dom Fernão Cabral. Seu pai tinha o apelido de "Gigante da Beira", pôr sua grande estatura, e era respeitado tanto pela bravura e nobreza de seus antepassados, como pelo talento de guerreiro e habilidade de administrador.
O descobridor do Brasil , Era chamado de Pedro Álvares Gouveia , porque só o primogênito é que recebia o nome do pai, porem quando seu irmão mais velho morreu , ele passou a ser chamado de PEDRO ÁLVARES CABRAL
O Descobridor do Brasil morre em 1520 em Santarém, aos 53 anos, um ano antes de Dom Manuel. Seu corpo é sepultado num túmulo provisório. É exumado em 1526, quando morre sua mulher, Dona Isabel de Castro, e a família Cabral ganha um jazigo definitivo. Este é o ano mais provável de sua morte baseando-se em duas cartas de D. Manuel, datadas de 3 de novembro de 1520. Nelas, declarava que, em atenção aos muitos serviços prestados pelo falecido Pedro Álvares Cabral, a partir "do primeiro dia de janeiro da era de quinhentos e vinte e um em diante" deveriam ser pagas tenças anuais à sua viúva D. Isabel de Castro, no montante de 30.000 reais, e ao seu filho mais novo Antônio Cabral, no montante de 20.000 reais. O fato de tais tenças, que serviam de pensão, serem pagas apenas a partir de 1521, revela que o falecimento ocorreu em 1520.
Sepultado na Igreja da Graça, sobre sua campa e da esposa colocaram a seguinte inscrição:
"Aqui jaz Pedro Alvares e Dona Isabel de Castro, sua mulher, cuja e esta capela e de todos os seus herdeiros, a qual, depois da morte de seu marido foi camareira-mor da Infanta Dona Maria, filha del-rei Dom João, Nosso Senhor ".
Trezentos anos depois, em 1839, seus restos mortais são descobertos por um brasileiro, o historiador Francisco Adolfo de Varnhagem, Visconde de Porto Seguro, na Igreja do Convento da Graça, em Santarém. Em 1871, D. Pedro II dá inicio à campanha para a remoção da ossada de Cabral para o Brasil. O translado só se dá em 1903, por iniciativa do Instituto Histórico e Geográfico, seus restos mortais se encontram hoje, no corredor esquerdo da Igreja do Carmo, antiga Catedral Metropolitana do Rio de Janeiro.
Além do mencionado Antônio Cabral, que morreu sem ter deixado descendência, o descobridor do Brasil deixou mais quatro descendentes, tendo sido o filho primogênito Fernão de Álvares Cabral, que foi um fidalgo da confiança de D. João III. A sua última ação importante de Fernão foi o comando da armada que foi para a Índia em 1553. Em 1554, na viagem de regresso a Portugal, a nau de que era capitão, a São Bento, naufragou na África do Sul, tendo ele vindo a morrer em 2 de junho desse mesmo ano, em Moçambique. Pedro Álvares Cabral teve ainda quatro filhas. A mais velha foi D. Constança de Castro, que casou com Nuno Furtado de Mendonça, do qual não teve filhos. As outras três filhas chamaram-se D. Guiomar de Castro, D. Isabel e D. Leonor, tendo todas elas sido freiras. O filho mais velho, Fernão de Álvares Cabral, casou com D. Margarida da Silva, de quem teve os seguintes filhos: Pedro Álvares Cabral, João Gomes Cabral, Rui Dias Cabral e D. Beatriz de Noronha.




ASCENDENTES DE D. PEDRO ÁLVARES CABRAL
O Descobridor do Brasil.
Pais:
D. Fernão CABRAL -4* Senhor de Azurara nasceu em 1427 em Belmonte Portugal. Faleceu em 1492 em Belmonte, Portugal. Casou-se com. Isabel Gouveia de Queirós que nasceu em 1433 em Belmonte Portugal.
Avós:
Fernando Álvares CABRAL nasceu em 1394 em Belmonte, Portugal. Faleceu em Portugal. Casou-se com D. Teresa de Andrade que nasceu em 1395 em Belmonte Portugal e faleceu em Portugal.
Bisavós:
Luiz Álvares Cabral, nasceu e faleceu em Portugal. Casou-se com Constança Anes que nasceu e faleceu em Portugal.
Trisavós:
Álvaro Gil CABRAL nasceu em 1355 em Portugal. Casou-se com Catarina Anes de Loureiro que nasceu em 1355.
Quadrivós:
DOM GIL DEÃO CABRAL nasceu em 1300 em Belmonte, Portugal e faleceu em 1362 em Portugal.Belmonte era uma pequena aldeia quase fronteira de Portugal com a Espanha.
Foi ali que tudo começou, em 1271, com a fundação da Capela de Belmonte por Gil Álvares Cabral, conforme relata o jornalista gaúcho Walter Galvani no livro Nau Capitânia, a mais minuciosa biografia já feita sobre o navegador Pedro Álvares Cabral.
Pentavô:
João Martins de CABRAL nasceu em 1270 em Portugal.
Hexavós:
Martim Durães de Riba de Vizela nasceu em 1230 em Portugal. Casou-se com Anes Cabral que nasceu em 1230 em Portugal.
F1 - DOM FERNÃO ÁLVARES CABRAL
Fidalgo de confiança de D. João III, comandou a armada que foi para a Índia em 1553, naufragou em 1554 quando retornava da África para Portugal e faleceu em Moçambique.
N1 - PEDRO ÁLVARES CABRAL
natural da ilha de S. Miguel, o qual pelejou na África onde recebeu uma cutilada do inimigo que deixou-lhe no rosto, indelével marca. Foi governador da Capitania de S. Vicente e descendente da casa de Belmonte. Casou-se em 2as núpcias com: Suzanna Moreira
SUZANNA MOREIRA,
Filha de Izabel Velho e Jorge Moreira, natural do Rio Tinto, Portugal, o qual foi capitão-mor e governador da Capitania de S.Vicente, pessoa de conhecida nobreza.
YNNOCÊNCIO PRETO
Foi Ouvidor da capitania de São Vicente,
Nasceu em Portugal em 1585. Cerca de 1608 casou-se com Maria Moreira. Em 1637 obteve uma sesmaria nas terras devolutas do sertão do rio Preto. Deve ter feito entradas no sertão, pois no seu inventário foram arroladas algumas correntes de ferro para conduzir escravos, uma delas com quinze colares.
.
Cap. LAURIANO DE OLIVEIRA PRETO,
nasceu em 1836 e faleceu em 27-11-1906. Dedicou-se inteiramente à agricultura em sua fazenda em Ponte Alta, onde moraram por muitos anos. Casou-se aos 36 anos de idade com FRANCISCA EUGENIA, que tinha apenas 14 anos, filha de Francisco Antônio de Toledo e de Maria Maciel. Após o casamento, Francisca Eugenia passou a se chamar Francisca Eugenia de Oliveira, conhecida por seus netos como "vovó Chica". Possuía o casal, uma residência na cidade, onde ia com as filhas passar as festas e descansar dos trabalhos da lavoura.
O Cap. Lauriano de Oliveira Preto tinha cabelos louros e olhos azuis. Dizem que certa noite, enquanto ele dormia, foi picado no nariz por uma mosca formando uma ferida e em conseqüência disto, veio a falecer. Foi sepultado em Bragança Paulista.
JOÃO GONÇALVES CARNEIRO
nasceu em Santa Rita de Extrema- Minas Gerais em 27-9-1874. Filho de Joaquim Carneiro de Lima e Laura Gonçalves de Lima.
O nome de João Gonçalves Carneiro, foi adotado em Março de 1900, Seu nome primitivo era João Carneiro de Lima. Essa troca se deu devido à confusão que havia com o nome idêntico de um seu primo.
Casou-se em primeiras núpcias com FABRÍCIA AUGUSTA DE OLIVEIRA.
Estabeleceu-se com casa comercial à Rua Cândido Rodrigues, tendo como sócio, seu cunhado Luiz Andreucci. Esta firma foi dissolvida em 29-2-1904, retirando-se o sócio Luiz Andreucci.
O casal ficou residindo na mesma rua, na residência que o sogro tinha na cidade.
São seus filhos: Ernesto (falecido com apenas 1 ano), Juvenal, Idalmiro, Lamartine e Ernesto.
Proveniente de uma febre, Fabricia faleceu dia 17-12-1901, deixando se filhinho Ernesto com apenas 17 dias. O recém-nascido foi criado por suas tias Carolina e Antonia Ferraz na fazenda do Agudo até 5 a 6 anos, vindo então para a casa de seu pai que já estava novamente casado. Não dando certo, veio juntamente com seus irmãos para a casa de seus avós Lauriano e Francisca.
Juvenal, Idalmiro e Lamartine ficaram com os avós na Fazenda em Ponte Alta e quando chegaram à idade escolar, eles se mudaram definitivamente para a cidade.
Em 1906, falecendo o avô Lauriano, continuaram sempre com a avó "Madrinha" como a chamavam. Dela receberam carinho e dedicação até se casarem. Residiam então em casa própria à Rua Cel. João Leme, nº 51.
João Gonçalves Carneiro casou-se em 2 as núpcias, em 1904, com JULIA PINTO em Jaú, para onde mudou-se representando a Cia. Leme Ferreira em compras de café.
Voltou novamente para Bragança, adquirindo mais tarde, perto de Itatiba, a fazenda S. Silvano, cujo nome mudou para Fazenda Cruzeiro, inaugurando uma cruz iluminada.
D. Julia era muito doentia; faleceu repentinamente vítima de síncope cardíaca, em S. Paulo, na pensão D. Georgeta, na Rua da Consolação, no dia 19-1-1935. Deste casamento não houve filhos.
João Gonçalves Carneiro casou-se novamente (3as núpcias) em Aparecida do Norte, no dia 7-7-1935 com MARIA ANTONIA CAMARGO, nascida em 14-6-1904 (30 anos mais nova do que ele) e continuou residindo na fazenda.
Alguns anos depois, sofreu o efeito da crise, precisando vender as duas fazendas e saldar os compromissos.
Maria Antonia foi amiga dos enteados e ótima companheira para o marido, a quem chamava por "Nhozinho".
João Gonçalves Carneiro, homem de caráter honesto, um temperamento formidável, sempre alegre, brincalhão, ao mesmo tempo enérgico e firme.
Faleceu repentinamente na Fazenda Caete, onde trabalhava no escritório como auxiliar de guarda livros, no dia 26-10-1951, com 77 anos de idade.




ANTONIO FERREIRA GONÇALVES
CASADO COM JOAQUINA NOGUEIRA DE JESUS
Não foi possível autenticar os ascendentes deste casal, não só devido às falhas e ao mau estado de muitos livros do velho arquivo de Baependi, como também, porque na paróquia de Campanha acha-se perdido o primeiro livro de assentos de casamentos, que medeia de 1750 a 1778, exatamente a época provável do casamento de Antônio Ferreira Gonçalves.
A origem dos Gonçalves prende-se à fundação da velha cidade de Lara, na Espanha, em 762 por Gundiçalves, Gundiçalviz, Gundiçalvo, Gonçalviz, Gonçalez, Gonçalvez e Gonçalves em Portugal.
No ano de 1796 já era falecido Antônio Ferreira Gonçalves; em 20-09-1796,
em Campanha, Joaquina Nogueira casou-se em segundas núpcias com Gonçalo Luiz de Oliveira, nascido e batizado na vila do Caeté, filho de Manuel Luiz de Oliveira e Ana Maria da Conceição.


JOAQUIM FERREIRA GONÇALVES
Primeiro filho do casal Antônio Ferreira Gonçalves e Joaquina Nogueira de Jesus, do qual somos descendentes diretos, foi batizado na Capela do Rio Verde, filial da paróquia de Baependí, onde se acha registrado em 18 de março de 1779.
Foi guarda-mór das minas, teve importante casa comercial e negociou também com algodão e gado.
Mais ou menos em 1833 liquidou seu comércio em Campanha e mudou-se para sua fazenda no Bairro Mundo Novo, freguesia do Rio Verde.
Uns anos mais tarde transferiu-se para Piracaia no Estado de S. Paulo.
Ali faleceu em 16-03-1845, sendo seu corpo sepultado na Igreja do Rosário.
Uma pequena passagem de seu livro demonstra ter ele sido um homem de caráter reto e de espírito religioso:


"Declaro que devo ao finado Baptista, negociante em S. João e seu sócio, salvo erro de Francisco de Paula por engano que houve em nossas contas, cento e quinze mil réis.
De promessa a N. S. Padroeira da Frequezia do Rio Verde, hua corôa de Prata.
Também de promessa, Ladainha com música a N.S. das Dôres em sua Capella na Villa de Campanha, que tenho dúvida se cumpro ou não.
Peço à minha mulher e filhos que, pelo amôr de Deus paguem essas dívidas si eu morrer sem cumprir com essa acção.
Freguezia do Rio Verde, 24-4-1840.
(assinado) Joaquim Ferreira Gonçalves"
Por precatória expedida em Campanha em 1846, e existente no 2o tabelião em Atibaia sabe-se, em referência que faz ao inventário de Joaquim Ferreira Gonçalves, que este casara em segundas núpcias com Barbara Jesuina.
Nasceu desse casamento uma filha, Higina, que faleceu sem deixar sucessão.


16 comentários:

  1. Roberto Carneiro, prazer, sou Cristiano Rodrigues, de Corumbá de Goiás - GO, tenho apenas 23 anos, mas amo pesquisar genealogia. Então, bisbilhotando pela internet, me deparei com teu Blog, muito interessante por sinal. Mas o que mais me chamou a atenção foi sua árvore genealógica.
    Eu também descendo de Pedro Alvares Cabral, Governador da Capitania de São Vicente (N1 de sua árvore), casado com Susanna Moreira, porém nunca encontrei documentos que comprovem sua ligação com Pedro Alvares Cabral, o descobridor do Brasil, até mesmo pelo fato de não ter acesso à bibliografia necessária para tal descoberta.
    Por isso, peço - lhe por gentileza, que me mande, por favor, transcrito de forma integral tais documentos. Ficarei muitíssimo grato ante vossa benevolente contribuição.
    Meu endereço eletrônico é crisroiz@hotmail.com
    Desde já agradeço. Meu muito obrigado.

    ResponderExcluir
  2. Olá, Carneiro. Fico feliz em encontrar coisa tão bela na net, como seu blog, que é de interesse meu.
    Gostaria de saber se vc sabe sobre a familia PENA, se poderia ter algum vínculo genealógico com a familia PENNA, mesmo porque eu vi uma pessoa da familia PENNA...minha mãe é EDNA FERREIRA PENA, meu avô materno - TOMÁS SIQUEIRA PENA, mas não tenho certeza se era PENA ou PENNA.Minha avó materna ZULMIRA FERREIRA.
    Será que vc poderia usar seus conhecimentos genealógicos a meu favor?
    Meu nome, CRISTINA SOCORRO PENA BRASIL, sou casada, tenho 42 anos e quero deixar um dos maiores legados para meus filhos: a origem de seus descendentes....
    Muito obrigada.

    ResponderExcluir
  3. meu e-mail é....csbm_cris@hotmail.com. Cristina Socorro Pena Brasil.

    ResponderExcluir
  4. meu e-mail é...pennadiego@hotmail.com ...Diego Pena Raimundo. gostaria de saber sobre meu nome.

    ResponderExcluir
  5. Por que não colocou todos os descendentes a familia Cabral desde o início até os dias e hoje?

    ResponderExcluir
  6. Resposta de Roberto Carneiro:
    Porque “ANONIMO?”
    Está se escondendo de que?
    Ou você é um desses que se dizem “descendentes de Cabral” mas que na realidade são descendentes de parentes de Cabral?
    Você queria uma descrição de TODOS descendentes de Cabral?
    São milhares de pessoas que são descendentes diretos do único filho de Cabral que deixou descendentes!
    Na minha árvore genealógica eu citei apenas o ramo que leva a mim, mas se você está interessado em pesquisar mais a fundo, faça como eu : Consulte algumas obras como:
    Título: GENEALOGIA PAULISTANA
    Autor: Dr. Luiz Gonzaga da Silva Leme
    Volume VIII - Início na pag. 269.
    Volume VII - Início na pag. 429.
    Encontra-se na Biblioteca Municipal de S.Paulo
    Códigos: Volume VII = 920 - F - d - 128
    Volume VIII = 920 - F - d - 129
    Obs: Esta obra é continuação do livro "NOBILIARQUIA PAULISTANA" autoria de Pedro Taques de Almeida Paes Leme.
    Respondi sua pergunta?

    ResponderExcluir
  7. Muito bom o seu Blog Tio. É ótimo poder difundir as nossas opiniões, e, quem sabe, até formar opiniões. Me fez lembrar de dois versos do poeta:

    Eu que não me sento
    No trono de um apartamento
    Com a boca escancarada
    Cheia de dentes
    Esperando a morte chegar...

    Eu prefiro ser
    Essa metamorfose ambulante
    Do que ter aquela velha opinião
    Formada sobre tudo

    Dizer o que pensa, e não concordar com tudo porque polido e bonito, ter o seu Ponto de Vista.
    Parabéns!

    Luciano Cavalcanti
    Não sei como postar meu comentário. Vou por como anônimo, mas tu sabe que sou eu

    ResponderExcluir
  8. OI SOU IZABEL DA FAMILIA FERREIRA GONÇALVES, MEU VO ERA JOSE CANDIDO FERREIRA E O PAI DELE VEIO DE MINAS GERAIS AQUI PARA O MATO GROSSO DO SUL, MAS NAO CONSEGUI ACHAR EM NENHUM LUGAR O NOME DO MEU BISAVO, SÓ SEI QUE MEU AVO ERA FERREIRA E ERA PRIMO DA MINHA VÓ EURAIDES FERREIRA GONÇALVES. ACHO QUE SOU PARENTE , POIS NA SUA FAMILIA TEM UM JOAO CANDIDO FERREIRA . ME MANDE UM E.MAIL NESSE ENDEREÇO belprazer@hotmail.com

    ResponderExcluir
  9. Prezado Roberto Carneiro.
    Parabéns pelo seu trabalho e muito obrigado por contribuir tão generosamente para o conhecimento de tão importante pessoa da nossa história.
    Não quero ser inoportuno com pormenores, mas não posso deixar de fazer uma só pergunta: há conhecimento sobre os irmãos e irmãs do Descobridor? Se houver, por favor, poderia informar-me seus nomes? A razão é minha suspeita de que há uma linha de descendentes de uma sua irmã que traz à minha família. Entretanto, isto carece de verificação. Agradeço desde já pela atenção.
    Ary Pimenta à sua disposição.

    ResponderExcluir
  10. Prezado Roberto Carneiro.
    Desde meu comentário anterior, achei referência a uma irmã de Pedro Álvares Cabral, Isabel de Gouveia. Haveria em seus achados referência a marido de Isabel?
    Agradeço sua atenção. Aceite meu abraço.

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Olá , sou Allan Cabral Sousa, poderia eu, ser um descendente de Pedro Álvares Cabral devido ao sobrenome?

    ResponderExcluir
  13. Olá , sou Allan Cabral Sousa, poderia eu, ser um descendente de Pedro Álvares Cabral devido ao sobrenome?

    ResponderExcluir
  14. Vitória Penna de Carvalho19 de março de 2017 15:03

    Achei incrível!! Estou maravilhada!!! Muito obrigada!!

    ResponderExcluir